a terceira tentativa de virar aprendiz de professorinha foi adiada porque o seminário acabou tarde e eu precisei socializar depois (me-do!). e meu ônibus achou de bom tom não passar.

para não perder totalmente o dia fui pro largo do machado resolver coisas e pagar coisas. mas cheguei lá e tinha essa pessoa fazendo uma performance. sempre tem, sempre terá. tipo o mímico que fez uma dancinha na minha frente. mas o cara de ontem ~ia além~. ele estava maquiado, de sunga, meia arrastão, salto alto e uma placa onde se lia "nao alimente os animais" presa no tornozelo por uma correntinha. o que por si só já seria extremamente peculiar. mas além disso ele se contorcia pela rua do catete acima, rolando em direção à praça tipo aquele cara no fim do vídeo do josé mirosmar de camargo.

(se você nunca viu o vídeo de josé mirosmar de camargo nem me conte, porque ficarei decepcionadíssima e questionarei nossa amizade. apenas repare o seu erro clicando aqui.)

faltavam 15 minutos para o banco fechar. pessoa madura e responsável que sou, tomei a única atitude cabível: dei um pulinho no bob's pra comprar um milkshake e fiquei esperando o cara na esquina porque precisava saber se ele ia atravessar a rua rolando.

prioridades.

(e ele de fato rolou)