inferno astral

decidi que pelos próximos 20 dias todos os posts irão se chamar inferno astral porque aí simplesmente poupo-me de todo o mimimi preliminar desnecessário e vou direto ao ponto: minha vida é ridícula. 

mas assim, ridícula do naipe de estar aqui sentada num sábado à noite vendo filme velho e - olha só que interessante! - essa nem é a parte mais loser da situação, porque flora está olhando pra minha cara e tem uma LESMA grudada em suas costas. depois de uma operação complexa que envolveu corridas, lambidas, coices e esfregadas nos móveis a lesma por fim caiu, deixando uma trilha de gosma que endureceu em contato com o ar e precisou ser removida a tesouradas.

e depois disso a gata perdeu o apetite e desandou a vomitar. o que não fez sentido porque lesmas não são tóxicas, mas se minha vida tivesse alguma intenção de fazer sentido nós nem teríamos uma lesma lambida nesse relato, pra começo de conversa. noiei horrores e fomos pro veterinário. muitos reais (não, sério, MUITOS reais), um taxista louco, duas injeções, alguns exames de sangue e mais uma ultrassonografia depois, o resultado foi gastrite. o que não fez muita diferença em nossas vidas já que não sabemos a causa, e aparentemente lamber uma lesma, comer ocasionais minhocas e roer pontas de lápis, barbantes e fios elétricos conectados à tomada nada têm a ver com isso.

mas por via das dúvidas a partir de hoje comerei apenas papel toalha.