souvenirs de férias

(o que é apenas maneira de dizer porque as férias não eram de fato minhas mas fingi o contrário com muita desenvoltura e pollyannei loucamente no processo e agora não tenho A MAIS VAGA NOÇÃO de como farei com meus prazos cagados.)

1. o triste papai noel sem teto com dreads na barba e roupas remendadas que sobrevive da reciclagem de embalagens de presente.

2. uma pintura de técnica refinadíssima e extremo bom gosto.

3. a elegante trilha sonora que embalou os melhores momentos dos últimos dias.



não explicarei nenhum deles, evidentemente.