então, já pode começar a cantar so this is the new year and i don't feel any different?

porque veja bem.

estou em casa assistindo uma maratona de friends (tem umas 5 horas já) por motivos de não ter encontrado uma celebração de fim de ano que se adequasse às minhas necessidades. ser a única desemparelhada no meio de um monte de casais realmente estava além das minhas forças. e nem mesmo estou trabalhando com álcool no momento, o que é muito cansativo porque as pessoas querem entenderrrr os motivos e minha única vontade é responder "se eu beber vou fazer a regan macneil aqui, vai encarar?".

- ah, raquel, que exagero! por acaso você vomita verde enquanto sua cabeça gira 360 graus? você desce escadas de quatro e de cabeça pra baixo? 

- olha,

mas aí você pensa que nessa vida desprovida de bons drink eu parei de me contranger. digo apenas que ontem prendi a roupa na roleta do ônibus na hora de descer, mostrando minha bunda celulítica para todos os passageiros que devem estar com essa imagem gravada em suas retinas tão fatigadas até agora. isso depois de passar a viagem inteira aos prantos atraindo olhares compassivos enquanto escutava lana del rey e comia bananada. 

birita pra quê, minha gente.