todas as minhas paranóias plenamente justificadas nesse momento.

a pessoa encontra um diário no lixo e monta uma exposição.

gente.

eu nunca mais vou jogar nada fora.

tipo assim.

nunca. mais.

20 comentários:

  1. Ao invés de jogar fora vou queimar... que medo!

    ResponderExcluir
  2. Mas esses pedaços de vergonha alheia de si mesmo preciiiisam ser descartados! Tem que picar e tacar fogo, pq reler o passado é extreeemamente vergonhoso e perturbador (pelo menos pra mim)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. até o presente me embaraça, imagine o passado. D:

      Excluir
  3. Recentemente joguei quatro cadernos manuscritos de diário. Perdi a paciência de rasgá-los e eles foram inteiros pro lixo. Fica o temor em Brasília.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. NOOOO.

      tem que rasgar, gente. e descartar em sacos de lixo separados.

      Excluir
  4. Eu sempre tive medo que isso acontecesse comigo um dia. Para me prevenir, além de abandonar os diários antigos, passei a queimar todos os papéis ao invés de jogar fora. Uma vez por semestre separo tudo que não tem utilidade e fogo neles!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu estou separando, rolam ANOS de papel acumulado nos meus armários. todo dia encho uma sacolinha e jogo fora.

      vai levar uns 15 anos pra terminar.

      Excluir
  5. FOGO. DESSE JEITO, SÓ TACANDO FOGO.

    ResponderExcluir
  6. Eu sempre rasgo cada página dos meus diários/cadernos e jogo fora em sacolas separadas, em dias diferentes. Muito medo de alguém ~ que não tem merda nenhuma pra fazer ~ juntar os pedacinhos, colar e rir eternamente... -O.O-

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. e tem um mendigo maluco na minha rua, gente, ele espalha seu lixo todo na calçada e ~organiza~.

      agora reflita.

      Excluir
  7. Meu Deus, que desespero que isso me deu agora!
    Olha, eu rasgo tudo bem, mas beeeeeeeeeeeeeeemmmmmmm rasgadinho, porque se isso acontece comigo, olha, nem Jesus salva.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sim. :~

      entrei numa loja de artigos de escritório essa semana, vi uma trituradora de papel, cobicei de maneira SELVAGEM.

      Excluir
    2. Hahahaha, isso que é sonho de consumo!

      Excluir
  8. HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA ME-DO.
    eu adoro, adoro mesmo ler sobre a vida das pessoas (não é a toa que, hum, blogs)
    pero no puedo imaginar pessoas lendo sobre a minha vida. HAHAHAHAHAHAHA Ainda mais que me falta muita coerência.
    por isso mantenho os meus 83274 diários em casa, porque rasgar, colocar em sacolas diferentes, distribuir pelas lixeiras da cidade, nunca é o suficiente.
    Só não boto fogo porque rola uma culpa ~ambiental~ e às vezes rola de querer ler alguma coisa pra lembrar "olha como eu tava f*dida e sobrevivi" uahauauahua

    Sobre o maluco da exposição, pode isso, Arnaldo? Porque tipos, nomes, né?
    (achei engraçado como a coisa já ~fluia~ fácil em 1977)
    HAHAHAHAHAHAHA

    ResponderExcluir
  9. Imagina ir no museu e dar de cara com páginas de pensamentos/momentos/dias vergonhosos teus? Eu entraria em pânico!
    Estou começando a achar que rasgar em mil pedaços e colocar em sacolas de lixo diferentes não é suficiente. Existe louco para tudo! Sempre achei aqueles trituradores de papel divertidos (muy normal), mas vejo que eles são artigo de primeira necessidade. Claro que eu trituraria meu papéis na vertical, juntaria as tirinhas e trituraria de novo na horizontal. E colocaria em sacos diferentes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. e no fim queimaria tudo. hahahaha.

      trituradoras e etiquetadoras são as maiores ambições de minha vida. :~~

      Excluir