.


eu não sabia que estava me dando um prazo, até que de certa forma ele expirou entre ontem e hoje.

eu sou, sim, uma pessoa dramática. mas não busco nenhum tipo de vantagem com isso. o meu drama é meu, porque é através dele que me entendo. gostaria que houvesse uma forma mais simples, mas nunca encontrei nenhuma. 

no decorrer dos acontecimentos usaram o que escrevi no outro post para dizer que "com quase 31 anos eu deveria entender que as pessoas não agem da forma que quero". ou algo assim. e gente. isso foi a primeira coisa que eu aprendi na vida. se houvesse uma pergunta, estaria mais para O QUE É QUE PRECISO FAZER PARA QUE AJAM DA FORMA QUE EU ESPERO UMA ÚNICA VEZ NA EXISTÊNCIA? porque o que eu espero é tão simples e óbvio que chega a ser meio ridículo. e mesmo assim dá errado toda vez. então minha sugestão de pauta para o próximo palpite edificante seria essa: MAS QUE PORRA EU PRECISO FAZER? porque mais humilhante que perguntar é ficar aqui tentando de todas as formas para ser excluída de novo e de novo e de novo. e tudo o que recebo como resposta é silêncio, desculpas e empecilhos que não dão conta de explicar por que eu sempre acabo de mãos vazias, não importa o quanto tenha dado.

enfim. eu só queria dizer. vejamos se agora esse encosto de john keats desiste de puxar meu pé e eu paro de agir como essa versão desvalida de mim mesma. 

18 comentários:

  1. Raquel, você é o meu montinho de cansaço favorito.
    Quisera eu morar pertinho de ti para lhe encher de cafunés e alguns outros mimos.
    Te sinto tão sozinha, moça..Para mim, és muito carente.
    E ás vezes, exageradamente passiva.
    Talvez, solitária.
    Podes ter muitas "tristezas" por dentro.
    Se eu não fosse tão inútil. talvez, conseguisse ser sua amiga. Mas, não consigo me aproximar das pessoas que maaais estimo.
    ~frustrante~

    cuide-se, tountorita =*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. :)

      estou mais para um montinho de fatalismo no momento, né.

      e sim, eu sou tudo isso que você listou. e ainda por cima sou desesperada. quer dizer.

      obrigada :*

      Excluir
  2. CAra, rolou uma identificação tão forte, que me deu até bad. Te entendo completamente, me da aqui um abraço no cantinho.

    Pergunta: A imagem é de que filme?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. *abraça*

      pierrot le fou, melhor filminho!

      aqui: http://www.imdb.com/title/tt0059592/

      Excluir
    2. Valeu, coloquei na list dos que quero ver.
      Falando em filmes, você tem filmow?
      Passa aí pra galere? rs

      Excluir
    3. http://filmow.com/usuario/boaflipper/

      não tá atualizado :(

      Excluir
  3. Oi, eu venho acompanhando seu blog a quase 2 anos...até dei uns conselhos pra sua vida e tal, mas pelo jeito vc se retou com isso (pq acho que outras pessoas tb fazem isso e vc já ouviu mt conselho)e tirou os comentários, de modo que quando os comentários ainda existiam te falei pra aumentar a fonte dos seus textos e peço isso novamente. Seu blog é mt bom, pelo menos vc acha graça do seu drama e me faz gargalhar na frente do computador =]

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahah, eu não me irritei com nada não. fiquei foi com medo mesmo, mesmo com a moderação dos comentários havia pessoas se excedendo e falando coisas tensas.

      eu estou ODIANDO PROFUNDAMENTE essa fonte, está tudo empaçocado, mas não consigo inserir uma tahoma clandestinamente no html dessa desgraça. :~~~

      Excluir
  4. De qualquer forma o blog é seu, se não aumentar a letra não tem problema vou continuar lendo...acho que preciso fazer uma lente mais forte mesmo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahaha, tô aqui lembrando que no final de semana estava entediada e quase botei uma verdana 11 aqui.

      você ia apenas me matar. :P

      Excluir
    2. Ah tem esse recurso no blogspot agora (de respostas) haha! Certo, de boa qto a fonte...As vzs fico imaginando como seria a vida se vc fosse minha amiga aqui na minha cidade, pq eu tenho sérios problemas de memória e atenção...sei lá, ia ser mt engraçado. Já aconteceu de eu ficar seriamente preocupada em atravessar a rua numa avenida super movimentada sendo que tinha uma passarela do meu lado e tb do ônibus pegar fogo e eu não ver. Té mais!

      Excluir
    3. onde você mora?

      botei uma georgia (?), tô achando tudo GIGANTE agora.

      Excluir
  5. Tem gente que não tem muito o que falar e deve ser muito amarga ou amargo.
    Como diria bode gaiato, 'armaria pode nem desabafar mais, nãm'.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. cada um tem a sua própria interpretação dos fatos, afinal.

      e sempre é um grande chute. a gente não tem como saber o que realmente se passa lá dentro do outro. mesmo das pessoas mais íntimas.

      é meio assustador.

      Excluir
  6. Olha, eu já nem tento mais nada sabe? Porque minha vida tá numa vibe que se eu não tento, fode tudo. Mas aí se eu tento, fode tudo também, igual ou pior. Então tô deixando tudo quieto. Pior parte é que todo mundo à minha volta acha que manda em mim, ou seja, ninguém me pergunta nada, só me comunicam. Como se nem fizesse diferença mesmo o que eu quero ou não, acho que foi por isso que deixei de tentar. Nhó. (e acho que esse meu desabafo ficou confuso pra caramba...)
    Mas né, enquanto eu estiver respirando por aqui, sempre há chance de tudo melhorar. Ou não.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ah, ninguém nunca me perguntou nada também, junte-se ao clube. :/

      Excluir
  7. Uai Raquel, dá cá sua mãozinha. Me senti tão representada por estas bem traçadas linhas... Óbvio que conselhos não darei, pois se boa de conselhos eu fosse acerca de sua/nossa situação, já teria resolvido minha vida. Abraços afetuosos dessa mineira que curte e se identifica com (quase) tudo que vc escreve.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. e não nos falta sensatez para compreender a situação, não é?

      é todo um outro nível de complexidade.

      obrigada :*

      Excluir